Polícia

Mulher sai para trabalhar e dá de cara com onça-parda no portão, no interior de SP



Mulher sai para trabalhar e dá de cara com onça-parda no portão, no interior de SP

Animal foi flagrado por câmera de circuito de segurança andando pelo bairro Fraternidade, em São José do Rio Preto

Uma moradora do bairro Fraternidade, localizado na zona Sul de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, recebeu uma “visita” inusitada na manhã da última quarta-feira (28).

A auxiliar de estoque, Maria José Rodrigues, a Zezé, se arrumou para trabalhar e quando abriu o portão de casa para sair, deu de cara com uma onça-parda deitada no tapetinho que ela deixa do lado de fora para recepcionar as visitas.

“Quando eu abri o portão para sair, ela deu aquele rosnado com os dentes para fora; eu bati o portão, gritei, meu filho já apareceu e a gente ficou ali olhando para ela, que ficou ali sentada. Liguei para a Polícia Ambiental, mas eles demoraram demais. O dia foi clareando, ela levantou e saiu; para onde foi eu não sei”, contou.

Uma câmera de circuito de segurança de outra moradora flagrou o animal andando pelo bairro durante a madrugada. Assista abaixo:

Saiba o que fazer se avistar uma onça

Não corra, não agache!

Ao correr ou agachar, você se comporta como uma presa e pode desencadear o comportamento de caça;

Mantenha a calma para que o animal não se sinta ameaçado. É difícil, sabemos, mas tente manter a calma!

Não se aproxime!

Não tente se aproximar para tirar fotos; a onça pode entender que a aproximação é um risco e pode atacar;

Grite! Faça barulho!

Faça barulho, grite, bata palma, agite os braços, use buzina de ar comprimido. Se estiver em grupo, levante os braços. Além de mostrar que vocês não são uma presa, isso pode intimidar a onça;

Não encare o animal!

Ele pode entender isso como provocação. Olhe no máximo na altura das patas, para ter ideia da posição da onça. Não tente atrair o animal, jogar comida para fazer com que a onça associe a pessoa com alimento;

Fique longe dos filhotes!

Se encontrar um filhote de qualquer felino, nunca tente se aproximar. A mãe pode estar por perto e atacar para defender os filhotes.

(Fonte: https://projetooncasdoiguacu.org)


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.