Cidades

Aluna agride professor com estilete em sala de aula e denuncia assédio



Aluna agride professor com estilete em sala de aula e denuncia assédio

Uma aluna de 16 anos agrediu um professor com um estilete dentro da sala de aula na Escola Estadual Professor Armando Gomes de Araújo, na região do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo.

Há dois meses, a jovem já tinha feito uma denúncia à instituição sobre o professor e alegou que ele teria dado em cima dela ao elogiar seu cabelo e dizer que gostava de mulheres ruivas.

 

A jovem fez uma segunda denúncia alegando que o docente assistiu um vídeo de conteúdo impróprio em sala de aula.

O homem foi socorrido por funcionários da escola e levado para o Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista. Mas por se tratar de um ferimento leve, não precisou ficar na unidade hospitalar e foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos.

Em sede policial, o homem alegou que nunca elogiou a aluna. E sobre o vídeo de conteúdo pornográfico, ele informou que deixou o celular em cima da mesa, e sem querer abriu uma conversa de um grupo de amigos, onde continha uma foto de conteúdo adulto.

A jovem e seus responsáveis foram encaminhados para delegacia da região onde o caso foi registrado. A adolescente informou em depoimento que ficou muito nervosa ao ver que o professor continuava lecionando na escola mesmo após as denúncias. Ela então teria começado a ouvir "vozes em sua cabeça" e acabou o ferindo com um estilete que comprou na internet. Após prestarem depoimento, foram liberados. A jovem pode responder ainda por lesão corporal.

A reportagem do Brasil Urgente até a unidade educacional, mas a direção estava em reunião e informou que não iria se pronunciar no momento.

A secretaria de Educação também foi procurada para saber se o professor seria afastado da unidade, mas ainda não tivemos retorno.